De menina a mulher: cenas da elaboração da feminilidade no cinema e na psicanálise

Código: 978-85-9473-032-9
R$ 85,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 85,00 PagSeguro
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

SINOPSE:

O livro apresenta um estudo sobre a formação da feminilidade a partir da relação mãe x filha analisada através das lentes de filmes de variadas épocas.

“O grande amor que uma menininha devota à sua mãe é, sem dúvida, genuíno mas não desinteressado. A menina ama sua mãe porque precisa dela – como o menino – para crescer. Mas, a menina também ama sua mãe porque precisa dela – e, nisto difere do menino – para conquistar sua identidade feminina.
A mulher depende, assim, em grande parte, dos recursos psíquicos com os quais a mãe – a primeira – a dota, abrindo o caminho, em seguida, para outras aquisições formadoras de sua identidade feminina. 
Resta esperar que esta (a mãe) saiba como fazê-lo.”

SUMÁRIO:

INTRODUÇÃO | O mistério da feminilidade: uma cola poderosa unindo mãe e filha
A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE FEMININA | O olhar da mãe dá corpo ao bebê | “Mãe, você vê uma menina?” | Olhar evanescente, identidade flutuante | Uma ausência de definição tão feminina! “Mãe, você vê uma linda menina?” | “O que sou sem o amor da minha mãe?” | “Fica comigo” | Amor usurpado | A necessária desilusão | Amor que baste
A MÃE E SEU PODER | Excesso de poder | Abuso de apropriação | Um amor ambivalente | A mãe e sua devastação | Rotas de colisão | “Me ame; me largue” | “É minha ou sua a vida que levo?”
O PAI (FELIZMENTE) APARECE | Este “terceiro” que permite respirar | A palavra do pai | Fantasias incestuosas | Quando o porto seguro vira prisão | O olhar do pai | Lidar com a falta de pai | Fazer do pai ausente um pai operante | A proteção de outras instâncias interditoras
ESTABELECENDO DISTÂNCIAS | Abrir espaço | Um nós amalgamado | Se diferenciar para “ser” | A formulação do desejo | Apropriar-se de seu destino |  Ainda mais coladas | De carona | A mãe dentro de si | Separadas.....mesmo? | Voltar para melhor avançar | Reencontros 
MÃE E FILHA, ESTAS MULHERES | Da mãe enquanto mulher | Da mãe enquanto mulher amada | Recuperar uma imagem feminina | Um “sem-fim” bem feminino | Criança: um objeto na fantasia materna | Uma “feminilidade” incorporada | A mãe face à sexualidade da filha | Quando os limites vêm a faltar
A DIMENSÃO DO AMOR NA VIDA DA MULHER | Diga-me como me amas e me dirás quem sou | A devastação identificatória | A destituição amorosa | Quando o amor é tudo ou nada |Nos braços de uma mulher
A MÃE É UMA FILHA COMO QUALQUER OUTRA | A escolha da maternidade | Menos filha, mais mãe | O poder da mãe sobre a maternidade da filha | Netos reféns | Libertar-se do peso da sua história | Cordões perpetuados | Cordões salvadores | Quando mãe e filha tornam-se, verdadeiramente, avó e mãe 
CINDERELA E ASTRONAUTA | Mulher: ser dois em um | Trabalhar ou não, eis uma questão  | Deus nos livre das mães perfeitas                                                                                
CONCLUSÃO | Feminilidades
ANEXO | Lista de filmes e livros citados
 

Autor:  Zalcberg, Malvine

No. de páginas: 352

Idioma: Português

Edição: 2019

 

LEIA UM TRECHO ON-LINE:

R$ 85,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Edições de Janeiro acredita que o livro é um instrumento fundamental de educação das pessoas e de favorecimento de projetos transformadores da sociedade, disseminando valores, experiências e conhecimentos. Assim, busca oferecer livros que estimulem reflexão, revelem caminhos e relatem exemplos que tenham significância para públicos de todas as idades e formações.

Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Edições de Janeiro - CNPJ: 19.321.209/0001-85 © Todos os direitos reservados. 2019